7 de outubro de 2014

» por em Destaque, Iniciante

Tabela de cores para corantes reativos


Criar cores é uma experiência interessante. Misturar tons, criar cores e harmonias novas é mexer com a criatividade, explorar novos estímulos e transmitir sensações, emoções e energias. Aprender a misturar e criar cores faz parte do conhecimento básico que precisamos ter pra abrir a criatividade na atividade. Na postagem de hoje, vou ensinar a vocês a criar uma série de cores que usamos tanto na arte, quanto na vida.

Trabalhar com tie-dye é sobretudo, uma arte de manipular formas e cores.

 

Para aprender a criar cores, só é necessário já ter alguma familiaridade com os corantes reativos. Para conhecer o processo de tingimento com o uso dos corantes reativos, clique aqui.

Basicamente, criei uma tabela com os valores e proporções (na teoria) de cada cor em determinada mistura e abaixo trago essa mesma relação de cores, porém em uma perspectiva mais prática. Para testar as tonalidades e ver se a cor corresponde, faça o teste com pedaços de papel toalha ou papel higiênico até chegar ao tom desejado!

Como funciona a lógica CMYK:

Os valores da escala CMYK aparecem em uma forma de porcentagem, o que signfica a proporção daquela cor na mistura. No PDF abaixo eu coloquei uma cor de referência, explicando mais ou menos como se chega a quantidade em mL de cada cor na mistura e, para as cores mais utilizadas, uma dica prática para se conseguir chegar ao tom. Sei que não é a didática ideal, mas com o tempo vou pensar em formas melhores de explicar para vocês.

 

Criei também uma versão em PDF das mesmas tabelas, para imprimir e usar como guia.

Algumas observações sobre este processo:

  1. Este guia é apenas para referência. Na real você não precisa calcular exatamente a quantidade de corante a ser misturada. Teste sempre com um papel toalha/higiênico.
  2. Tons mais fracos são conseguidos através da adição de água e tons mais fortes/escuros com a adição de preto.

Agora que você “já pegou a manha” de como criar novas cores e a entender a escala CMYK, aprenda a criar cores com o programa Adobe Kuler e explorar novas harmonias de cores. O estudo nunca pára!

Finalmente comprei uma camera e logo logo poderei gravar uns guias em video! Vai ser muito bom poder usar essa ferramenta para transmitir conhecimento. Paz e positividade!!!

Paz e positividade!

  1. Ótimo post!! tive dificuldade de encontrar um laranja ”vivo”, que fica proximo de um coral, ainda… consegui antes vários tons de vermelhos… no processo de quente (RGB), digo que é um feito sair um laranja bonito mesmo, mesmo usando por ex.: o laranja que ja vem pronto, que não é laranja. hehe.

    Abraço!
    Paz!

  2. Igor Barreto disse:

    Fabio, estou com duvidas em relação a essa tebela, como chego em quantidades em ml de corantes? tipo esta em porcentagem a escala das cores primarias mas como converto em ml?

  3. Mika Assafe disse:

    Olá!
    Estou tentando fazer a cor MARROM já faz um tempo…Já tentei de tudo…Nunca fica marrom.
    Agradeço as dicas…
    Obrigada

Leave a Reply