Primeiros passos

Essa é uma série com os primeiros aprendizados que você precisa ter para começar a praticar e, sobretudo, entender a dinâmica da arte, que felizmente é muito simples e divertida. Não é preciso saber desenhar, tampouco ter o tal “dom” para a arte. Estamos falando aqui de uma forma de arte acessivel para todos aqueles que se propõe a fazer: simples e prática para aqueles que iniciam na arte, porém complexa e desafiadora  para aqueles que buscam desafios e criações diferenciadas.

Antes de aprender como se faz, é importante entender o que é o Tie Dye, no que consiste a técnica e o valor histórico e cultural que ela carrega. Como qualquer outro tipo de artesanato, é preciso que você disponha de materiais básicos para começar a meter a mão na massa: são materiais  fáceis de se encontrar e, em muitos casos, temos até em nossas casas.

Com o básico em mãos, é hora de começar a dar vida a sua criatividade e, para isso, recomendo que você utilize os conhecidos corantes em pó, vendidos em qualquer casinha de artesanato, antes de partir para métodos mais complexos. Outra possibilidade bastante acessível é a tinta para tecido, que também possui sua técnica específica para fazer Tie Dye.

Feito isso, os primeiros resultados começarão a surgir! Se você seguiu direito as nossas instruções, até mesmo as suas primeiras peças já devem impressionar, pois fazer Tie Dye não é nenhum bicho de 7 cabeças. Você também já deve ter percebido que trabalhar com corantes em pó é um tanto quanto trabalhoso e lento. Felizmente, existem outros tipos de outros tipos de corante no mercado e um, em especial, nos chama muito a atenção: os corantes reativos.

Outra questão interessante a se perceber é que, embora o chamariz da técnica seja a pintura de camisetas, você pode trabalhar com qualquer tipo de peça que seja feita através de tecidos naturais. Além de existirem vários tipos de tecidos diferentes, você pode tingir calças, saias, bolsas, almofadas, cortinas, roupas de cama, enfim: o leque de possibilidades é imenso.

Aqui abaixo, você tem acesso ao mesmo conteúdo distribuido no texto que você acabou de ler, porém de forma mais acessível para posterior consulta:

OBS: Caso o link não esteja ativo, significa que a postagem será publicada em breve.

Parte 1, fundamentos do Tie-Dye

Parte 2, Tie-Dye na prática: primeiras formas e possibilidades com os diferentes métodos

Parte 3,  primeiras formas e desenhos

 

Assim como todo o blog, essa seção também é construida dia após dia. Caso você tenha alguma dúvida ou queira fazer sugestões e/ou críticas, envie um e-mail para contato@mundotiedye.com.br.